qui. dez 13th, 2018

Coelho Analisa: Asobi Asobase

E aí, noveleiros, como estão? Se saíram bem nesse #Nofapseptember? Conseguiram se manter… puros? Hehe, duvido muito! Afinal, brasileiro de verdade não tem lado fofo, nem uma gota sequer, apenas escuridão e memes do Ronaldinho Gaúcho. Beleza, chega de tanta enrolação e vamos logo comentar sobre essa desequilibrada obra de arte contemporânea chamada Asobi Asobase, começando, é claro, pelo final! Até porque só otários começam as coisas pelo início.

Basicamente, o melhor Slice of Life da temporada de Verão. Repleto de garotas fofinhas, comédia adocicada, uma pitada de romance e aventuras para fazer com que o espectador vomite arco-íris do começo ao fim…  Ehehe, só que não!
Quem nunca deu uma dedada de leve no amiguinho que atire a primeira pedra.

Confesso que lágrimas escorreram! Chorei feito uma donzela traída enquanto assistia o último episódio dessa belezura, sério.  Mais do que durante aquele fatídico décimo quinto episódio de Re:Zero. Mais do que quando vi pela primeira vez o perturbador, porém, mágico, primeiro episódio de Boku no Pico. Mais do que quando a seleção Japonesa tomou aquela virada pra Bélgica na Copa do Mundo. No entanto, nesse caso em especial, foram lágrimas de alegria! Literalmente, alcancei o êxtase! Tanto que se eu encontrasse a Hina Kino (dubladora da Hanako do banheiro), cairia de joelhos, beijaria os pés dela e imploraria para que ela limpasse a lama dos seus calçados na minha cara.

– Sinopse –

Asobi é, basicamente, a história de três alunas que decidem criar um clube aleatório sem nenhum fundamento para poderem jogar, se divertir e estudar Inglês. São elas: Hanako, Olívia e Kazumi.
Hanako (Cv: Hina Kino-sama) é a melhor personagem do anime. Uma guria hiperativa, cheia de vida e dona de uma quantidade infinita de facetas. Ela têm um gosto curioso para vestimentas e possuí gritos maravilindos! %$#! que %$&@, como ela grita! Pessoinhas, se vocês não assistiram Asobi utilizando fones de ouvidos no volume máximo, vocês assistiram errado. Se ainda vão, façam questão de usar seus melhores headphones.
Olívia (Cv: Rika Nagae) é, de longe, a melhor personagem da série. Uma mestiça que mente descaradamente e vergonhosamente sobre ser fluente em Inglês. Mentira que acarreta em várias tretas tretosas para estimular nosso sentimento de “vergonha alheia”. Ela é dona de uma aparência invejável, mas que esconde em suas axilas um odor… mortal. Bem, nesse ponto até que essa bagaça segue fielmente a vida real. Ninguém é o que aparenta.
E, por fim, temos aquela que, com toda a certeza, é a melhor personagem do desenho, Kazumi (Cv: Konami Kohara). A famosa garota introvertida, comportada e com medo de garotos que, na verdade, esconde uma personalidade obscura e até um pouco perturbadora. A diferença é que em Asobi toda essa obscuridade vai muito além, enaltecendo ao plus ultra sua alma pervertida e distorcida.

Primeira regra do moe: as garotas precisam ser fofas.
Segunda regra do moe: a presença da loira de aparência ocidental para atender certos fetiches.
Terceira regra do moe: a aluna de alma pura que desperta aquela vontade de protegê-la de tudo que é ruim.

– O que você ainda está esperando para começar a assistir? –

Nessa série de apenas 12 episódios você vai encontrar de tudo que é bizarro um pouco. Brincadeiras que remetem a infância usadas de maneira bem surreal, um mordomo nada politicamente correto que consegue lançar lasers pela bunda, o melhor romance possível entre uma garota e um travesti, agressão desenfreada a peitos e nádegas, uma boneca de… entretenimento que ensina inglês de maneira peculiar, ocultismo e muito, muito mais. Garanto que se gosta daquelas comédias de gosto duvidoso implorará por uma segunda temporada disso.
Então, se ainda não assistiu, corre e assista. Apesar da sua animação pálida que não chama muita atenção, é, com certeza, um dos melhores animes da temporada de Verão. São gargalhadas garantidas do começo ao fim.

– Menção Honrosa –

Mas é claro que eu não deixaria de comentar sobre o MAEDA, né?! O melhor personagem, ever! Culto, super sensível com os sentimentos da sua mestra, possuidor da incrível habilidade de se teletransportar e apagar presença, e , também, GOSTOSO PRA #$%¨!@! Sério, olhem bem para esse pedaço de picanha! Não é simplesmente o máximo?!

 

 

Curta-nos!